#Roteiro: 10 dias na Garden Route / Rota Jardim (Africa do Sul) – Post Indice

14

Quando comecei a planejar a viagem para a África do Sul, a principio seria só para a região de Pretória e Joanesburgo, porque o meu marido tem parte da família morando temporariamente lá.

Mas ao ler sobre a Garden Route, me apaixonei pelas possibilidades e os destinos e fiz de tudo para conseguir encaixar Garden Route + Cape Town em 10 dias.

A região oferece diversas possibilidades de roteiros e quanto mais dias você tiver, melhor!


A Rota

Chama-se Garden Route (Rota Jardim) porque a estrada é realmente um jardim, cheia de flores, arvores e plantas, é muito linda!

E tem funcionários que aparam os arbustos e flores, vimos vários durante o trajeto. As estradas são ótimas, coisa de primeiro mundo, mas é necessário ter atenção para dirigir na mão inglesa.

A Garden Route propriamente dita alguns definem de Hermanus até Storms River e outros de Mossel Bay até Storms River.

O importante é seguir a rodovia N2. O site http://www.gardenroute.co.za tem informações sobre a região.

Mas por questões logísticas é mais comum e mais pratico fazer de Port Elizabeth até Cape Town, ou vice-versa.

Ambas cidades tem mais possibilidades para quem vai para lá de avião e aluga um carro para seguir viagem, que foi o nosso caso. No meio da rota em George também tem aeroporto, mas é menos comum chegar por lá.
É recomendado utilizar no mínimo 4 dias na rota para poder aproveitar um pouco as atrações pelo caminho.

Dentre as diversas opções e pelo tempo limitado, nossa rota ficou chegada por Port Elizabeth, 6 dias viajando pelas cidades da Garden Route e 4 dias no destino final: Cape Town.


Roteiro Garden Route / Rota Jardim

Minha rota, de forma linear deu 881 km, mas como houveram várias paradas e andamos dentro das cidades, no total andamos 1100 km.

O trajeto está no mapa abaixo, clique para vê-lo maior:
Nesse caminho teve paisagens maravilhosas, praias, waterfronts, boa gastronomia, baleias, rugby, vinícolas e etc. Não faltam atrações, como disse acima, quanto mais tempo você tiver, melhor!

Da também para fazer safári (tem algumas reservas menores que as do norte), nadar na jaula com tubarões, tem as Cango Caves, fazendas de avestruz, enfim…

Tenho vontade voltar e fazer a rota passando pelas cidades que não fui e ficando mais tempo nas que gostei mais.

Cada cidade é um capitulo à parte e Cape Town então, daria um coletânea! rs …


Atrações

Para não ficar muito extenso esse post e por haver diversas atrações na rota que merecem destaque fiz um post separado com o guia das atrações, seprado por cidades, acesse ele nesse link.


Meio de Transporte

Percorremos a rota toda de carro. Alugamos pelo site Rent Cars (clique aqui para acessar e fazer a cotação) na Hertz. A vantagem desse site é poder parcelar em até 12x no cartão e não cobrar pagar IOF.

Pegamos no aeroporto de Port Elizabeth e rolou até um upgrade grátis, conforme contamos nesse post. Devolvemos no aeroporto de Cape Town.

Existe uma taxa extra em todas as locadoras de carros quando você aluga o carro num lugar e devolve em outro.

Tenha em mente que terá que dirigir na mão inglesa, dê uma treinada pela cidade antes de encarar as rodovias. Não é difícil, mas tem que ter muita atenção principalmente nos cruzamentos.

Um carro automático também é uma boa pedida. Alugamos um Corolla automático e o preço da RentCars foi realmente barato, em vista dos preços de aluguel de carro no Brasil. Faça a sua simulação aqui.

Se o seu cartão de crédito não oferecer entre os seus benefícios seguro para o carro alugado (bandeiras platinum e black geralmente tem), é importante contratar também junto com o aluguel.

Se dirigir não for uma opção para você, existe o Baz Bus, um ônibus que percorre a Garden Route, informações aqui.


Melhor Época

As condições climáticas são sempre boas, não existe uma época certa para ir. Em dezembro e janeiro são os meses mais lotados.

Fomos em outubro (primavera) e o clima estava ótimo! Não pegamos nenhum dia de chuva e até fazia um friozinho no final da tarde. O sol e o calor estavam bem leves.


Seguro Viagem

Se o cartão de crédito já não te deu um seguro viagem quando você comprou a passagem aérea com ele (bandeiras platinum e black geralmente oferecem esse beneficio), é bom pensar em contratar um seguro.

Porque ninguém está livre de imprevistos numa viagem internacional e despesas médicas em outro país podem ter valores exorbitantes.

Na Seguros Promo você pode cotar o menor preço para o seu seguro entre diversas seguradoras, recomendo. Faça a sua simulação aqui.

Hospedagem

Todas as hospedagens que passamos na Garden Route, foram reservadas pelo Booking e pelo Airbnb.

Os preços foram bem acessíveis e qualidade excelente, nesse quesito, mesmo os mais baratos (Hostels e Pousadas por exemplo), eram impecáveis, não tivemos nenhum problema.


Todos os posts sobre a África do Sul:

Cape Town

Estradas

Hartbeespoort Dam

Jeffreys Bay

Joanesburgo,

Knysna

Mossel Bay

Port Elizabeth

Pretória

Trabalho Voluntário

Tsitsikamma National Park

Safari

Sun City

Roteiro

Reflexão

Sua Rota Jardim começa aqui:

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

14 comentários

  1. Nossa, estivemos por um fio de ir pra África do Sul ano passado, com as mega promoções que tiveram, porém ainda não foi a hora. Esse ano temos outros projetos, talvez fique pra 2018. Parabéns pelo post, muito legal!

  2. Ola, lindo passeio! Vou fazer em dezembro, mas como meu tempo é curto, vou sair Port Elisabeth rumo a cape town e dormir em uma cidade só no caminho! Qual é imperdivel?

Deixe um comentário