Cataratas do iguaçu – Uma das 7 maravilhas naturais do mundo!

8
Hoje vou falar sobre uma das maiores belezas naturais do Brasil, as Cataratas do Iguaçu. Uma atração ainda pouco explorada pelo turismo nacional.

As 7 maravilhas

Em 2009 a Fundação “New7Wonders” com sede na Suiça iniciou o processo para inscrições e votações das 7 maravilhas da naturais do mundo.

A votação terminou em 11/11/2011 e os vencedores foram:

Por enquanto tive a oportunidade de conhecer apenas duas delas, as Cataratas do Iguaçu e a Table Mountain em Cape Town (que já foi tema de post aqui no blog).

O parque

A dica mais preciosa que eu posso te dar é: NÃO VÁ NO FERIADO!!! Estava muito lotado! Olhe essa foto abaixo:

Mas como esse feriado foi a minha oportunidade de ouro para ir (consegui passagem baratíssima com milhas e uma folga no trabalho), não posso reclamar, dificilmente haveria outra chance como essa.

Então o jeito foi encarar a muvuca. Haviam muitos gringos. Eles talvez dão mais valor a essa atração do que muitos brasileiros, que desconhecem ou ignoram as belas atrações que temos aqui.

A estrutura e a organização do parque do lado brasileiro é impecável, não perde em nada para a que vemos na Table Mountain, que também tem o mesmo porte e recebe turistas do mundo inteiro.

A fila para comprar o ingresso na hora estava gigantesca (feriado!), nossa sorte foi ter comprado na internet.

Para quem compra antecipado na internet, pega uma fila bem menor (tinha só 1 pessoa na nossa frente) e pelo código da compra eles emitem as entradas.

Quando você entra há uma fila para os ônibus panorâmicos, muito bem estruturados, que vão falando as atrações que tem em cada parada.

Assim que entramos fomos ao “Macuco Safari” uma aventura de bote para se molhar embaixo das cataratas, mas isso será um assunto para outro dia! ;D

As Cataratas

Logo após fomos para a parada principal que leva as cataratas. O caminho é muito lindo (e estava lotado). Tem vários mirantes e você vai se aproximando aos poucos das cataratas.

Durante o percurso apareceram vários quatis! São tão fofos! Mas não se engane, eles são animais selvagens e podem se sentir ameaçados (até eu me sentiria ameaçada com aquele bando de gente em volta!) e podem morder.

O ponto alto é quando você chega na “garganta do diabo” e passa bem no meio das cataratas.

ATENÇÃO! Certifique-se de estar com uma boa capa de chuva e proteja sua bolsa (se ela não for impermeável). Impossível sair de lá sem tomar um belo banho e estar completamente encharcado.

Esqueça o glamour de estar linda nas suas fotos nesse lugar. Cabelo molhado + vento = fotos tensas com o cabelo todo lambido! rs

No dia que fomos estava um pouco nublado e depois desse banho, fiquei com frio. E como eu já estava meio gripada ganhei uma bela pneumonia depois da viagem, por isso, não dê vacilo.

Leve uma roupa seca para trocar depois, não fique dando bobeira na friagem e se possível vá em um dia de sol e calor, para ter uma boa experiência refrescante.

O que houve comigo foi uma série de vacilos, as cataratas continuam sendo lindas e não tem culpa de nada! rs

No final há uma lojinha (sempre tem uma!) onde você pode comprar lembrancinhas e roupas secas e quentinhas à preços salgados.

Há uma praça de alimentação dividida entre fast food o Restaurante Porto Canoas (que também é assunto para outro dia).

Como era feriado havia uma bela fila para pegar o onibus de volta para a entrada principal do parque.

Nessa entrada, há outra lojinha, nessa achei os preços mais convidativos e acabei comprando uma blusinha e uns imãs de geladeira.

Não tenho como comparar com o lado argentino porque não deu tempo de ir (boa desculpa para poder voltar!).

Mas é uma experiência maravilhosa de contato com a força da natureza, para contemplação. Merece mais destaque e deveria estar cotada entre os destinos das suas próximas férias.

Informações

  • Ingresso: Para Brasileiros Adultos R$ 34,30 e Crianças/Idosos R$ 9,00. Há opções com preços diferentes para Mercosul e Integral (para visitantes de outras nacionalidades). Compre o ingresso antecipado pelo site (aqui)
  • Atrações pagas a parte: Macuco Safari (confira aqui) e Trilha do poço preto
  • Endereço BR 469, KM 18 – Foz do Iguaçu

Recomendações

  • Beba muita água para hidratar-se;
  • Use sempre o protetor solar;
  • Para evitar os insetos, passe frequentemente repelente;
  • Utilize capas de chuva. Nas Cataratas há constantemente uma leve garoa;
  • Use roupas e calçados apropriados para a caminhada.
Impossível tirar uma foto sozinho com a paisagem nesse dia
Só na Selfie para não aparecer mais ninguém na foto! rs

Salvar


Salve esse post no Pinterest:

8 comentários

  1. No lado brasileiro das cataratas a caminhada não é muito longa, levaria a minha mãe (que tem 70 anos) numa boa. Tem um onibus do parque que já te deixa no inicio das passarelas.
    Não fui no lado argentino, mas dizem que lá é bem mais puxado, são trilhas mesmo.
    Quando é a sua viagem? Vou tentar postar mais dicas de Foz aqui no blog! <3

  2. Foz do Iguaçu é meu destino preferido pq foi a primeira viagem que fiz com meu namorado e que hoje somos é meu marido, nos apaixonamos por viagem e tivemos tantos momentos incriveis em Foz! Aconselho muito conhecerem, viagem perfeita para casal e filhos!

  3. Oi Juny!! Tu postou o link do restaurante asiático e eu acabei vindo xeretar em outros posts!!! Amei esse das cataratas. Estava pensando em ir no carnaval, mas acho melhor deixar pra ir num final de semana “normal”, pra ter paz!!! Teu blog é fofo e cheio de boas dicas. Bjs

  4. Meu marido nasceu em Foz, mas ele saiu de lá muito pequeno e nunca visitou as cataratas, por isso, era um sonho de casal poder conhecer melhor Foz do Iguaçu, e ano passado tivemos essa oportunidade maravilhosa *-* Sabe que, no dia em que eu fui, não era feriado e a fila e a lotação no parque estava do mesmo jeito que vc mostra nas fotos. Passaríamos umas duas horas na fila do ingresso se uma amiga minha que estava com o bebê não estivesse conosco para entrarmos na fila preferencial, haha. Não sabia que era possível comprar os ingressos pela internet, quando voltarmos lá (e isso é certeza, por que eu me apaixonei pela cidade inteira, kk) vou comprar antecipadamente os ingressos. Meu marido queria ir no Macuco Safari, mas me faltou coragem pra ir com ele, haha. Também não fui do lado argentino, mas soube pelos noticiários que no mesmo dia em que visitei o lado brasileiro o lado argentino foi fechado por que havia uma onça solta no parque, haha. Amei o seu post e suas recomendações foram ótimas. Pegar uma pneumonia ninguém merece né?! No meu caso quando fui o dia estava mega quente e ensolarado 🙂
    Beijo!

Deixe um comentário