Paraíso, outlets e tubarões! (Jeffreys Bay, África do Sul)

15

Hoje vou falar um pouco dos atrativos desse paraíso de praias e compras chamado Jeffreys Bay ou J-Bay (para os íntimos).

Tenho uma lista de várias coisas que quero fazer relacionadas à viagens e entre elas estava: conhecer o oceano indico.

Essa foi realizada em sua plenitude em J-Bay. Olha essa praia deserta, esse mar lindo, essa paisagem (ignore os possíveis tubarões)!

Se estivesse um pouco mais quente e menos vento, seria o paraíso completo! Deixou um gostinho de quero mais.

E realmente está entre os meus planos na vida voltar nesse lugar e aproveitar melhor essa vibe, talvez fazer uma aula de surf.


Seguro viagem para África do Sul pelo menor preço!


Essa praia, é praticamente na porta do hostel que ficamos (Island Vibes).

E pra fechar com chave de ouro teve entardecer na praia também

OUTLETS

Para tudo! Quem é consumista pira nessa cidade! Eu que nunca liguei de andar com roupa dessas marcas de surfista (Quick Silver, Billabong, Rip Curl e afins) devido aos preços absurdos praticados aqui no Brasil, e em J-bay tive que me segurar para não encher uma mala extra de roupas! rs

As roupas dessas marcas tem uma qualidade boa e lá estava com preço tipo “Torra-torra” e “Lojão do Bras”, serio!

Camisetas a partir de uns 20 reais, Moleton a partir de 35 reais, shorts maneiros a partir de 30 e por ai vai, bonés a partir de 20 reais.

Comprei de tudo, até biquini (que é meu xodó, gosto muito do modelo). Enquanto que a galera aqui no Brasil para por volta de 150 reais nas coisas mais simples dessas marcas!

E agora fico aqui pagando de gatinha cheia de roupas dessas marcas e mal o povo sabe que foi tudo à preço de banana nas lojas de fábrica! ;D

Se eu fosse comprar tudo que eu o Leo compramos lá, aqui no Brasil, acho que dava mais de 2 mil reais (chutando por baixo).

Os oulets ficam todos no centro da cidade, um do lado do outro. Ficam bem no caminho de quem vai se hospedar no hostel Island Vibes.

  • Billabong Factory Shop Endereço: 2A Da Gama Rd, Jeffreys Bay, 6330, África do Sul
  • Quiksilver & Roxy Factory Shop Endereço: 10 St Croix St, Jeffreys Bay, 6330, África do Sul
  • Rip Curl Endereço: 34 Jeffrey St, Jeffreys Bay, 6330, África do Sul

O HOSTEL: Island Vibes!

Quando você fala em hostel já fica aquele clima de mochilão cheio de perrengue, quarto compartilhado, local meio precário, baixo orçamento…

O hostel Island Vibes não foi nada disso!!! Haviam sim os clássicos quartos compartilhados, mas optamos por um quarto individual e ficamos surpresos com o tamanho e o “luxo” (tinha uma hidromassagem ao lado da cama kingsize!!!) OMG!

Quando conhecemos o Hostel e a praia bateu aquele mega arrependimento de não ter ficado pelo menos 2 dias ali e ignorado Port Elizabeth (que foi o ponto mais baixo da Garden Route).

Pagamos preço de hostel e pegamos um quarto que seria bem caro em qulaquer praia badalada no Brasil.

Clique aqui para fazer a sua reserva nesse hostel pelo Booking!

Havia um rastafári muito louco que é um dos donos do hostel e explicou cada detalhe de cada cômodo do local, mesmo sabendo que ficaríamos só 1 diária.

E quando via a nossa cara de pressa (tínhamos pouco tempo na cidade e precisávamos ir à praia urgentemente) ainda dava uma bronca falando que estávamos lá para relaxar, curtir a vibe! rs

Haviam várias bandeiras dos países que mais visitam o hostel e cada visitante podia escrever seu nome nela e deixar marcada sua presença para a eternidade, não poderíamos ficar fora dessa e registramos “Juny” e “Leo” lá. (fomos nós que escrevemos “BR UEUEUE” de zueira)

Sente só a vista da varanda da nossa “suíte master” do hostel:

Gastronomia: Kitchen Windows Beach Restaurant

Essa foi a única refeição que fizemos na cidade (além do café na manhã seguinte, no hostel).

Na dúvida olhamos o top de restaurantes de J-bay no Tripadvisor e escolhemos o que estava em primeiro lugar. As avaliações e as fotos estavam bem atrativas.

E não nos decepcionamos. O restaurante “Kitchen Windows Beach” é maravilhoso!

Como se não bastasse essa vista da praia, a comida é sensacional, coisa de “masterchef, pratos muito sofisticados.

Eu escolhi um steak (brife grosso gostoso) com batata e legumes, o Leo escolheu um salmão com purê e legumes. Ele também experimentou uma cerveja de cereja que ele adorou, de uma marca local.

Estávamos no meio do jantar e o garçom chamou nossa atenção para o mar e falou “Esta vendo aquele monte de gaivotas juntas? Isso significa que há tubarões ali, fiquem de olho que ele vai aparecer” e realmente havia um tubarão ali, conseguimos ver no zoom da câmera, mas ele foi rápido demais para sair na foto!!!

Realmente é necessário tomar cuidado nessas praias, devido á alta incidência de tubarões. Aquele surfista do vídeo do campeonato mundial de surf que viralizou na internet, que o diga! rs

Mas isso não faz com que a cidade seja perigosa ou perca seus atrativos, basta tomar cuidado.

PRATOS PRINCIPAIS:

O Muro

Uma coisa que ninguém sabia me explicar, era onde ficava esse muro (já vi em varias fotos, mas ninguém dá o endereço certo). perguntei varias vezes na cidade e nada. Até que quando estávamos indo embora, demos umas voltas perto dos outlets e estava lá, bem pertinho das lojas!!! #ficaadica

E para finalizar a foto clássica que todo mundo tira nessa parede grafitada. Não pude deixar essa passar em branco.

Mesmo porque eu realmente AMO J-bay e prometi voltar. Precisava de pelo menos uns 3 dias de bobeira naquela praia e 1 dia para ficar o dia todos naqueles outlets que são uma perdição!


Use a imagem abaixo para salvar esse post no Pinterest

Encontre mais informações para a sua viagem para a África do Sul aqui

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

15 comentários

  1. Linda praia, mesmo! Você entrou na água? Eu sou paranóica, e não sei se conseguiria entrar, haha.. Muito legal o relato, acho que ainda não conhecia ninguém que tivesse ido pra J Bay, é bom ver um relato de gente como a gente. Bjo!

  2. Incrivel que como olhando pelas fotos a praia parece com qualquer outra praia no sul do Brasil (PR e RS) . Ainda não conheço nada do continente Africano e a Africa do Sul é um dos destinos que mais tenho vontade em conhecer. Curti saber que tem Outlets com preços bacanas. Agora sabendo da existencia dos Tubarões Brancos na Área não sei se teria coragem de entrar nesse mar não.

  3. Ah, como a África do Sul tá na minha lista! Esse ano não vai dar, mas espero mesmo que ano que vem eu consiga!!! Acho um destino muito interessante, cheio de tecnologia e contato com a natureza ao mesmo tempo. Tô louca pra ir, só esse lance dos tubarões só me assusta um pouquinho hahaha


  4. Que delìcia de lugar! Sou menina de cidade grande, mas essa praia quase deserta me bateu vontade.
    E sabe que eu não sou nada consumista (se tem algo que não faço é compras em viagem), mas os preços estavam realmente bons! Certamente teria aproveitado!
    E por fim: Que vista maravilhosa tem esse hostel!
    Sou super adepta!
    Mesmo com meu filhote, frequento hostels e sempre procuro indicações (como essa tua) para não reservar em hostel tipo backpacker (mas tbem já fiquei em 2 assim no leste europeu com meu filho e foi super sussa)!
    😉

  5. Adorei *-* Não sou a maior fã de praias, mas essa é linda, tão tranquila, quase deserta sem aquela muvucona aqui do Brasil.
    Também faria a rapa nos outlets, provavelmente pagaria excesso de bagagem, mas pelos preços valeria super à pena!
    Outra coisa que destacou foram esses pratos principais hein, que luxo e que lindos, deu água na boca!
    Beijos.

    • Fran, fomos exatamente em Outubro. Estivemos em Jbay por volta do dia 20 de Outubro.
      Ventava bastante, o que deve ser muito bom para quem pratica surf, as ondas eram enormes e lindas. Fimos bastante gente fazendo aulas de surf com o pessoal do hostel Island Vibes.
      Dava para ficar na praia bem por causa do sol entre 11h e 14h. Um pouco antes disso e depois o vento esfriava um pouco.

Deixe um comentário