A capital mundial das ostras: Knysna (África do Sul)!

10

knysna01

Knysna (se pronuncia náisna) é uma das cidades principais da Garden Route e é mundialmente conhecida como a “capital das ostras”.

É próxima ao Tsitsikamma National Park, o Bungy Jump da Face Adrenalin (o maior do mundo) e do Elephant Sanctuary de Plettenberg Bay, é possivel combinar a passagem pela cidade com esses passeios.

Uma das atrações da cidade que eu planejava fazer e não deu tempo, é um passeio de barco pelas “The Heads” que é uma das áreas mais lindas da cidade (foto aqui), mas o tempo era curto e tínhamos muitos quilometros ainda até chegar em Cape Town. Isso é uma das coisas que eu vou fazer com toda certeza quando voltar à Garden Route.

Knysna é uma das paradas da Garden Route que eu tinha altos planos, mas como acabei chegando um pouco tarde na cidade e só pude aproveitar mesmo o passeio pelo Waterfront, que é um mini shopping/calçadão que fica junto com o porto.

É bem menor que o de Cape Town, mas é muito charmoso. Para chegar lá nos perdemos várias vezes porque o google maps não era preciso na localização.


Seguro viagem para África do Sul pelo menor preço!


Fomos no Waterfront para jantar no primeiro dia e depois novamente antes de partir para Mossel Bay no dia seguinte. É bem seguro frequenta-lo em qualquer horário. Há lojinhas com os mais diversos produtos, restaurantes, cafés, monumentos e etc. Também é possível contratar os passeios de barco diretamente no porto.

knysna02

Lá também tem uma placa com a direção de várias cidades do mundo a distancia em milhas e uma rosa dos ventos desenhada no chão, exatamente igual ao que tem no Waterfront de Cape Town, lugar ótimo para fotos.

HOSPEDAGEM

Ficamos hospedados no “AestAs Bed & Breakfast“, bem simpático que encontramos no Booking. Havia estacionamento grátis, café da manhã e a pousada era bem próxima do Waterfront.

Todas as hospedagens que passamos na Garden Route, contratadas pelo Booking e pelo Airbnb tinham os preços bem acessíveis e qualidade excelente, nesse quesito, mesmo os mais baratos, eram impecáveis, não tivemos nenhum problema.

knysna03
Foto do quarto que ficamos, retirada do site do Booking

GASTRONOMIA

knysna04

Jantamos no restaurante “The Drydock Food Co” no Waterfront, nesse dia o sushi estava pela metade do preço, foi só alegria! O atendimento deixa um pouco a desejar, mas a comida é fabulosa. Ele fica à beira-mar, de dia a vista é muito boa.

E como ir à capital das ostras e não comer ostras né? Eu ja tinha experimentado antes no Brasil e não tinha gostado. Lá haviam duas opções a “selvagem” e a “de cativeiro“, todas muito boas e muito frescas!

Depois disso passei a gostar de ostras e comi outras vezes na viagem, principalmente como entrada nos restaurantes, o que é muito comum lá. Definitivamente as de lá são as melhores do mundo! Que saudades!

knysna05
knysna06
knysna07

 

E de lá pegamos a estrada para Mossel Bay, a nosso “desvio de rota”, que não estava no roteiro, inicialmente o plano era ir para Oudtshoorn (cidade dos avestruzes e da Cango Cave).

Knysna é uma cidade que merece pelo menos 2 dias inteiros no seu roteiro da Garden Route para poder curtir com calma todas as suas belezas, atrações e a gastronomia.

knysna08
knysna09
knysna10
knysna11
knysna12
knysna14
knysna12
knysna13
knysna0114
dscn5692
dscn5694
dscn5695
dscn5696

Use a imagem abaixo para salvar esse post no Pinterest

Salvar

Salvar

Salvar

10 comentários

  1. Parabéns pelo post! Nunca tinha ouvido falar de Knysna e confesso que pelo seu relato eu fiquei com vontade conhecer. Amo ostra desde pequena e acredito que eu passaria todos os dias comendo ostras por lá!
    No ano passado, comprei passagens para Durban, mas, por motivos que saíram do meu controle, tive que cancelar a viagem pelo sul da África. Quando tiver uma oportunidade de ir pra lá, colocarei Knysna no roteiro 😉

  2. Nossa! Não só nunca tinha ouvido falar dessa cidade como não fazia ideia de tinha um lugar assim tão lindo perto de Cape Town! E Floripa será que passa como segunda capital mundial das ostras? Hahaha bj!

Deixe um comentário