Experiência, produção e degustação de café no Museo del Cafe em Cusco(Peru)

5

Quando a Juny me falou que íamos fazer um tour sobre o café, imaginei que iríamos simplesmente à um lugar que nos mostraria características do café, seus tipos e terminar em uma degustação.

Fiquei muito feliz em saber que estava redondamente enganado… Amigos, que tour de café que fizemos!

Primeiramente fomos apresentado ao “Museo del Cafe”, um lugar muito bem organizado  e estiloso, com maquinas de cafés variadas, mapa mundi, musica boa, aquele tipo de ambiente que você gostaria de estar por um tempo para conversar e relaxar.

Conhecemos a Keyla, que diga-se de passagem é uma barista de respeito. Ela nos contou sobre a historia do café, suas qualidades, tipos, porque é apreciado ate hoje, e algumas lendas sobre ele.

Mas o que me chamou  atenção foi o laboratório que tem dentro do museu, que é a sua própria fabrica, onde é feito o café da marca que eles produzem.

Eles fazem desde o processo de separar os grãos, passar pela torra, trituração e embalagem.

Fomos convidados a colocar avental e touca para participar do processo de produção de café diário deles! Incrível!

O processo de separação dos grãos defeituosos dos que qualidades é artesanal, feito pelo olhar de especialistas que os selecionam um à um.

Nesse momento notei que esse trabalho tem que ser realizado por pessoas que amam o que fazem, que gostam de estarem ali, que fazem a diferença e que querem deixar os seus legados para o futuro.

O processo que mais me intrigou foi o momento da torra dos grãos. Você sabia que todos os grãos são verdes e de que o processo de torra é fundamental cronometrar o tempo para obter o sabor requerido?

Pois é, fui convidado a controlar o cronômetro e a cada minuto tirávamos amostras para ver como o grão se comportava. E posso dizer que foi incrível fazer parte disso!

Após essa verdadeira aula de produção do café, fomos convidados a saber um pouco mais da verdadeira degustação desse produto, os seus tipos de trituração, diferenças das maquinas de cafés e é claro: aromas e sabores divinos.

Dos 8 métodos que teríamos à disposição, escolhemos 2: método japonês e o Aeropress.

Soubemos que no primeiro método, a técnica da criação da bebida é uma arte, ela usa a vaporização como cientistas, com tubos de ensaios! Simplesmente espetacular!

Apreciamos esse tipo de café, como um vinho, movimentado-o para liberar o aroma e adivinhar que elementos trazem na sua memória.

O segundo era um método mais expresso como o nome já diz, ele foi inventado por um trabalhador da nasa que gostaria de preparar o seu expresso de maneira rápida com a qualidade merecida.

O que me chamou atenção foi que o café fica realmente forte (como eu gosto) e é muito simples pratico de transportar.

Depois desses dois métodos ainda experimentamos um cappuccino e a Keyla nos explicou um pouco sobre a produção.

Recomendo essa experiência para todos que vierem a Cusco! Tivemos momentos únicos que ficarão em nossa memória e nas futuras degustações de café.

Aprendi a ter mais respeito pelo café e por essa arte secular de produção. Aprendi que o seu histórico, tipos, aromas, sabores e momentos são únicos, merecem a nossa atenção!

Museo del Cafe

  • Endereço: Espaderos 136, Cusco, Peru
  • Telefone: +51 84 263264
  • Funcionamento: De segunda à sábado 08:30–23:00, domingo     09:30–05:00
  • Site: http://museodelcafecusco.com/
*Agradecemos o Museo del Cafe pela parceria. As opiniões expressadas aqui são sinceras e baseiam na nossa experiência.

Salve esse post no Pinterest:

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

5 comentários

Deixe um comentário