Review: Tudo sobre as mochilas Osprey Farpoint 55 e 70 litros

10

De uns tempos para cá, tenho mudado os meus conceitos sobre bagagem durante as minhas viagens. Tenho tentado seguir a filosofia de viajar leve.

Para isso, resolvi comprar um mochilão para levar só aquilo que eu puder carregar.

Durante as minhas pesquisas sobre marcas e modelos, escolhi a Mochila Osprey Farpoint 55 litros.

O Leo também curtiu esse modelo e optou pela Mochila Osprey Farpoint 70 litros, que é um pouco maior que a minha, mas muito parecida.

Encontramos os dois modelos pelo menor preço no site da Loja AltaMontanha. E pagando pelo boleto ainda teve mais desconto!

Usamos as mochilas pela primeira vez numa viagem rápida de 4 dias à Santiago (Chile) e depois durante uma viagem de 8 dias no Peru. Pretendemos usá-las também num mochilão pelo Sudeste Asiático no fim do ano por uns 20 dias.

Essa review vale para os dois modelos pois as diferenças são mínimas.

Peço desculpas pois sou uma “mochileira de primeira viagem“, não sei muitos termos técnicos e não tenho base comparativa.

Nesse vídeo tem alguns detalhes da mochila:


O que eu achei? (notas de 1 a 10)

1- Das fitas de ajuste da mochila? (10)

Ela tem ajustes nas alças, no peitoral, na barrigueira, na distancia entre a mochila e as costas e na frente para que a bagagem fique firme.

É possível pendurar coisas nas fitas da frente. Carreguei a capa para viagem da mochila dobrada pendurada nessas fitas da frente.

Gostei bastante do ajuste que permite acoplar a mochila de ataque para usar na frente, enganchada na mochila principal atrás, com isso o peso fica melhor distribuído e não cai todo sob as costas.

No aeroporto de Lima (Peru)

2- Do conforto proporcionado pelo costado? (10)

Ela é muito confortável! Durante a última viagem carreguei por volta de 10 kg nela e não me deu dor nas costas.

Ela tem um bom sistema de distribuição do peso, o que proporciona mais conforto. E nas especificações diz também que há um “painel em tecido 3D Mesh” que facilita a evaporação do suor.

3- Dos bolsos externos? (7)

Na mochila principal não há nenhum bolso externo. Achei esse um dos maiores pontos fracos dela.

Na mochila de ataque há um bolso externo de fácil acesso em cima e bolsos de tecido elásticos para colocar recipientes líquidos e outras coisas (até pau-de-selfie eu carreguei nele)

4- Dos bolsos internos? (9)

Na mochila há apenas bolsos internos na “tampa” dela. São de diversos tamanhos e ajudam na organização da mochila.

Na mochila de ataque há uma divisão boa para guardar eletrônicos (notebook, tablet) e um bolso interno pequeno. Os bolsos internos atenderam as minhas necessidades durante a viagem.

5- Da forma de aberturas e acessos ao interior? (10)

Esse foi um dos maiores motivos que me fizeram escolher esse modelo. A mochila abre como se fosse uma mala, com zipers nas laterais, até embaixo. Isso ajuda muito na organização.

Não me adaptaria com uma “mochila tipo saco” daquelas que tem abertura só em cima, porque fica difícil o acesso ao que está no fundo, com isso bagunça mais a bagagem.

A mochila inteira e cheia (10 quilos)

6- Da barrigueira? (10)

A barrigueira é bem grossa, ela tem o sistema “ErgoPull” que permite um fechamento bem firme e a sustentação da carga.

Isso faz toda a diferença quando coloca ela bem cheia e pesada.

7- Da fita peitoral? (10)

Fiquei preocupada porque não encontrei nada na internet à respeito dessa mochila ser indicada ao público feminino.

As mochilas femininas tem ajustes na parte do peitoral para mudar a altura para que não incomode e machuque. Porque a altura ideal dessa fita para mulheres é diferente.

Felizmente ela tem esse ajuste e fica bem confortável. Com isso ela é possível ajustar tanto para homens quanto para mulheres.

8- Das alças dos ombros? (10)

As alças são bem grossas e cheias de ajustes para ficar bem firme nas costas. O tecido é bem acolchoado e confortável.

9 – Do material utilizado na confecção do modelo? (10)

O material é de altíssima qualidade. Não é à toa que a marca dá simplesmente uma garantia vitalícia!

É empregada toda tecnologia do sistema “LightWire” na sua estrutura para que seja uma mochila mais leve, mas com uma sustentação firme e boa distribuição do peso.

10- Nota pelo conjunto: (9,5)

A Osprey Farpoint é uma mochila ótima para carregar bagagem durante as viagens. Tem uma estrutura leve e qualidade no material que à compõe. Há muita tecnologia para proporcionar conforto no uso.

É um modelo unissex, se ajustando bem tanto para homens quanto para mulheres. Só senti falta de mais bolsos internos e principalmente externos.

No geral foi uma ótima aquisição e à cada viagem me convenço mais disso.


Que legal, você leu o post até aqui! Vou te dar um presente! Use o cupom de desconto “querominhamochila” no site da loja AltaMontanha e tenha ainda mais desconto na sua compra!

Usando só a mochila de ataque durante a viagem

 Características Osprey Farpoint 55l:

  • Medidas (Alt. x Larg. x Comp.): 63 x 33 x 30 cm
  • Peso: 1.700 g
  • Capacidade: 55 Lts
  • Capacidade da mochila acoplada: 15 Lts
  • Material: 210 x 330D Nylon Shadow Box; 420D Nylon Pack Cloth
  • Estrutura LightWire ™, leve, confortável e resistente
  • Mochila frontal destacável
  • Painel do costado em tecido 3D Mesh que facilita a evaporação do suor
  • Garantia vitalícia da Osprey para as mochilas
  • Onde comprar

Características Osprey Farpoint 70l:

  • Medidas (Alt. x Larg. x Comp.): 64 x 36 x 32 cm
  • Peso: 1.800 g
  • Capacidade: 70 Lts
  • Capacidade da mochila acoplada: 15 Lts
  • Material: 210 x 330D Nylon Shadow Box; 420D Nylon Pack Cloth
  • Estrutura LightWire ™, leve, confortável e resistente
  • Mochila frontal destacável
  • Painel do costado em tecido 3D Mesh que facilita a evaporação do suor
  • Garantia vitalícia da Osprey para as mochilas
  • Onde comprar


Salve esse post no Pinterest:

* Agradecemos a Loja Alta Montanha pela parceria. As opiniões expressadas aqui são sinceras sobre a nossa experiência com o equipamento.

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

10 comentários

  1. Ainda não nos adaptamos à filosofia “viagem leve” mas já começamos a usar muito mais mochila para viagens curtas do que malas. Além de ser fácil, de ter tudo à mão quando precisa, ainda sabemos que nossas coisas estarão sempre “seguras”.

  2. Já viajo de mochila há anos e sempre leve. Mas foi um aprendizado!

    Não conhecia essa marca e o que mais me atraiu foi a forma de abrir, pois esse é o único item que me incomoda em minha amada mochila, pois cada vez que pouso em algum lugar, tenho que tirar tudo de dentro para pegar algo. Por isso, inclusive que ela é grande (não lembro a capacidade) pois na hora de colocar e volta, em vez de arrumar, jogo tudo dentro. rsrsrsrsrsr

    Valeu muito esse texto! 🙂

  3. Gente, hoje eu tô com sorte! Só tenho lido posts que falam exatamente o que tô procurando. Acordei com vontade de trocar de mochila e agora leio seu post. Me ajudou bastante, obrigada!

Deixe um comentário