Amigos, viagens e memórias…

4

Como se criam aqueles momentos nostálgicos que lembramos com carinho?

Acredito que sejam a partir de eventos singulares, que aproveitamos sozinhos ou acompanhados de amigos e entes queridos. Em nosso lar, viajando ou visitando alguém que nos importamos.

Vivemos em um mundo carente de empatia, de apreço e amor, então por que não exercitarmos um pouco dessas virtudes?

Recentemente fizemos uma viagem para outro país com amigos, não só amigos, são praticamente família. Combinamos há mais de um ano atrás, estávamos prontos para seguir, e assim seguimos…

Foram tempos excelentes, regados à bons vinhos e risadas, conhecendo lugares lindos, dias memoráveis, realmente foram momentos que penso agora com pura nostalgia e saudades.

Infelizmente não podemos controlar tudo em nossa volta, tivemos mudanças nas vidas desses nossos amigos… Tristes, mas talvez necessárias. Nos distanciamos um pouco, mas acredito que com boas razões à todos. Mudanças, transformações…

Claro que há barreiras e distancias, porém passageiras. Acredito que esses momentos decisivos nos fortalecem mais, criam vínculos mais sólidos, nos fazem apreciar mais quando nos reencontramos.

Mas o que devemos levar das memórias felizes e dessas sensações nostálgicas?

Cada parte de nós compõe algo grandioso, lindo e puro, que nos estrutura e nos fortalece para enfrentarmos desafios, e assim conquistá-los, evoluindo sempre.

Recentemente em uma visita à uma cidade campestre, encontramos um outro casal de amigos, sempre aprendemos mais e mais com eles. Pessoas boas, simples e mais maduras, aproveitam cada momento da maneira correta: sorrindo e brincando entre eles.

Os observo e vejo que há um brilho no olhar deles, mesmo após mais de vinte anos de casados. Me sinto feliz e motivado em querer chegar onde eles estão…

Amigos…viajando ou nos encontrando, compartilhando momentos, criando boas lembranças e trocando risadas.

Independente de sua jornada e seu destino, necessitamos conhecer e trabalhar essas amizades, sejam elas completamente diferentes de você ou semelhantes ao seu modo de vida, cultivadas em intervalos de tempo curtos ou grandes.

Pois cada um agrega algo de valioso à nós. Nos ajuda a crescer, nos ajuda a olhar o mundo com outro olhar….olhar de empatia, de alegria e amor.

Reconhecer e ser grato é um bom retorno para quem possui amigos.

Talvez o mundo não tenha uma carência grande de empatia se pensarmos nesses momentos nostálgicos.


Leia outros textos com reflexões sobre viajar:


4 comentários

Deixe um comentário