Museu da Fragrância em Colônia na Alemanha: conheça a história da verdadeira água de colônia! 

6

Sempre usei o perfume popularmente conhecido como água de colônia (Eau de Cologne), acreditando ser uma categoria de perfume e não uma marca original.

Pesquisando sobre às atrações para visitar em Colônia na Alemanha me deparei com o “Fragrance Museum” da Casa Farina, conhecida como a mais antiga casa de perfumes do mundo.

Escolhi o tour em português, mas tem opções em outros diversos idiomas. A história do perfume é interessantíssima e é contada com muita empolgação pela guia Sabina que fala português muito bem.

Na época da invenção do produto as pessoas não costumavam tomar banhos frequentes por acreditar fazer mal para a saúde e quem tinha dinheiro comprava perfumes que na época eram feitos à base de óleo e muito fortes.

Johann Maria Farina desde pequeno adorava trabalhar com fragrâncias, ele tinha um talento conhecido como “nariz absoluto” que ajuda a identificar cheiros e é essencial para ter sucesso como perfumista.

Um dia ele teve a sua ideia de fazer um perfume novo e revolucionário, suave e a base de álcool. Sua inspiração era que ele cheirasse como “uma manhã de primavera na Itália depois da chuva”.

Com isso nasceu a única e original “água de colônia”, batizada com o nome da cidade de Colônia (Alemanha).Com o sucesso vieram as imitações e naquela época não havia marca registrada. Qualquer perfume suave à base de álcool levava o nome “água de colônia” e copiavam também o rótulo da marca.

Uma água de colônia original custava o equivalente à seis meses de salário de um funcionário público! Era o perfume preferido dos reis, rainhas e nobres da época.

Era um perfume unissex, mas com o passar dos anos surgiu a demanda por perfumes diferentes, categorizados para homens e para mulheres.

Como a fórmula era sucesso há muitos anos, o que eles fizeram foi apenas criar embalagens diferentes, quadrado para homem e redondo para mulher, usando exatamente a mesma fórmula!

Após uma viagem pela história do perfume, Sabina nos leva para a sala das essências e faz um jogo onde nos mostra as essências e temos que adivinhar qual é a origem do seu cheiro. Algumas são fáceis, outras bem difíceis.

O tour termina na loja, onde experimentamos alguns outros perfumes da marca, existe muita coisa além da água de colônia, tem até perfumes para os signos! Adorei a fragrância do de capricórnio.

No final também ganhamos uma miniatura da agua de colônia como lembrança.O tour superou as minhas expectativas pois a história sobre a época e a sua origem são muito interessantes e são contadas com muito entusiasmo pela guia.

Abaixo uma foto com todas as participantes do tour em português e a guia Sabina:Não deixe de incluir uma visita ao Museu da Fragrância e a loja da Casa Farina no seu roteiro por Colônia na Alemanha!


Fragrance Museum – Casa Farina


*Agradecemos o Fragrance Museum pela parceria. As opiniões expressadas aqui são sinceras e baseiam na nossa experiência.

 


Salve esse post no Pinterest:

6 comentários

Deixe um comentário