3 passeios que não podem faltar em sua viagem à Machu Picchu (Peru)!

11

A cidadela de Machu Picchu é um paraíso natural que qualquer amante da natureza deseja visitar para sentir sua energia. Chegar a esta linda cidadela inca será muito gratificante devido à sua grandeza histórica e arquitetônica que o deixará atônito ao chegar.

Esta incrível cidadela encontra-se no alto da selva peruana, de clima ameno e ecossistemas magníficos que o deixarão perplexos pela incrível coragem que tiveram aqueles homens que construíram semelhante obra de grande envergadura.

Provavelmente o destino mais ansiado de qualquer viajante que passe pelo Peru, encantado por suas imponentes e originais atrações turísticas.

Clever Ponce de León, sócio da Peru Grand Travel, especialista em pacotes para Machu Picchu, passa algumas recomendações sobre quais lugares visitar em sua viagem até Machu Picchu.

Nós visitamos todos esses lugares durante a nossa viagem ao Peru e todos são realmente incríveis. Só lamento não ter dado tempo de fazer a trilha inca, mas temos planos para retornar e chegar à Machu Picchu dessa forma.

1- PASSEIO PELA CIDADE DE CUSCO E QUATRO RUÍNAS

Um passeio pela cidade de Cusco fará com que você conheça de uma maneira introdutória toda a história do Peru. Desde antes, durante e depois da época do incanato.

Você pode começar pela Praça de Armas, observando todas as igrejas coloniais como a Catedral, Companhia de Jesus, Igreja de Merced, Praça de San Francisco (jardim botânico) e o impressionante templo de Qoricancha com grande importância histórica e beleza arquitetônica.

Saindo 2km da cidade de Cusco você também poderá visitar as famosas quatro ruínas (Sacsayhuaman, Qenqo, Pucapucara e Tambomachay), consideradas huacas (achados arqueológicos incas, centro de adoração aos deuses dos incas). Cada complexo arqueológico guarda uma história magnífica que o encantará.

2- VALE SAGRADO DOS INCAS

Um passeio por esta rota será uma incrível aventura onde você conhecerá os povos andinos mais importantes da época do inc. Você conhecerá Chinchero, povoado indígena que resistiu à colonização espanhola até a atualidade e segue mantendo seus costumes ancestrais.

Considerado como o palácio do inca Tupac Yupanqui, atualmente possui como atrações o templo colonial, seus impressionantes terraços, sua feira dominical e seus perfeitos centros de arte têxtil que o encantarão e onde poderá comprar um presente feito por eles.

Pisaq é um povoado localizado a 1h de Cusco com uma feira dominical onde se pode observar os Varayoq (chefes das comunidades) que descem para o povo, na parte superior localiza-se o sítio arqueológico de Pisaq, ruínas importantes onde você observará as maiores expressões arquitetônicas.

Também localizado no vale está Ollantaytambo, denominado povo inca vivente com ruas de pedras que o fascinarão por seu caráter único e inigualável. Neste povoado encontra-se também o parque arqueológico de Ollantaytambo onde você apreciará a arquitetura megalítica, uma expressão de arte dos antigos indígenas que realizaram um trabalho igualmente extraordinário. Com certeza esta paisagens andinas o deixarão perplexo!

3- CAMINHO INCA ATÉ A CIDADE PERDIDA DOS INCAS

Quando falo sobre cidade perdida não falo de Inkarry (lugar onde supostamente os incas esconderam seus tesouros), mas me refiro à cidadela de Machu Picchu que não possui nenhum tesouro em ouro ou prata em suas entranhas, mas sua inigualável riqueza cultural, arquitetônica e histórica.

Não há melhor alternativa para se chegar à enigmática cidadela pegando a rota ancestral dos incas que as percorreram à grande Tahuantinsuyoa correndo e caminhando junto aos camelídeos andinos como animais de carga. Pelos caminhos que eles mesmos construíram para unir suas cidades mais importantes. Atualmente existem duas rotas de caminho inca para realizar esta grandiosa aventura.

Pode-se pegar a rota mais longa, a trilha inca clássica de 4 dias que inicia no km82-Piscacucho ou o caminho inca curto de 2 dias de duração que começa no km104 da ferrovia. Ambas as opções são incríveis para desfrutar totalmente de sua aventura até Machu Picchu. Sem dúvida será uma das melhores alternativa para se chegar à enigmática cidadela.

Os tours mencionados são circuitos muito admirados e procurados pela maioria dos viajantes que vem ao Peru. Sem dúvida, Cusco tem muitos lugares para se explorar e, se você deseja conhecer grande parte deles deverá dispor de bastante tempo devido à amplidão de seu legado histórico e arquitetônico, comenta Ponce de León.

*Este artigo é publieditorial

Salve esse post no Pinterest:

11 comentários

  1. Adorei! Quero muito conhecer Machu Picchu o mais breve possível. Pretendo fazer todos esses passeios! haha. Suas dicas são muito valiosas! Obrigada.

  2. Juny, acreditas que eu ainda não fui ao Peru? Tenho muita vontade! E quando eu for eu volto aqui para seguir as tuas dicas 😉 Lindas fotos e parabéns pelo belo trabalho aqui no blog!
    Bjs

  3. Adorei suas dicas e vieram em uma boa hora, justamente quando estou arquitetando uma viagem ao Peru. Post favoritado aqui para reler em breve quando já estiver com as passagens compradas, obrigado!

  4. A gente sempre tem que voltar, porque fica algo pra trás, como a trilha, que não fizemos, também. Mas o engraçado é que em relação a Machu Picchu, eu não quero voltar. Foi tão especial que quero guardar as sensações da primeira vez.

Deixe um comentário